MOVIMENTO DE INDIGNAÇÃO criado em Nelas para exigir reabertura rápida da ponte sobre a linha Férrea

Na sequência da publicação de António Minhoto na sua página do Facebook:

“A renovação da Linha da Beira Alta não pode nem ser em prejuízos do ambiente e das populações, nem da qualidade de vida e sustentabilidade e das populações. E porque estamos a assistir a toda uma falta de restruturação e planificação desta obra, afim de os automobilistas e populações em face da suspensão da Ponte que liga Nelas a Seia, tivessem Vias Dignas e de Segurança (quer estradas quer vias pedonais) é notório do quanto nem as infraestruturas, nem a autarquia de Nelas, o anterior e actual executivo, não tivessem acautelado todos estes interesses de segurança. A prová-lo é os vários acidentes ocorridos, onde só ontem, após as chuvas, levou a que 9 automobilistas tivessem danos nos seus veículos, em face do mau estado da estrada, que foram desde o arrebentamento de Pneus, avarias na suspensão, do qual muitos tiveram que adicionar o reboque da sua viatura. È perante estas situações, que está a ser criado um MOVIMENTO de INDIGNAÇÃO para exigir a reabertura rápida da Ponte sobre a Linha Férrea de Nelas, pelo que irá nos próximos dias mostrar essa mesma INDIGANAÇAÕ junto á ponte, começando já no próximo sábado às 15 horas com a Concentração em Defesa do Sobreiro Centenário e do qual também os Moradores do Cachafal sofrem, pelo que também Eles vão exigir a reabertura Célere da Ponte. Adere ao Movimento.”

Fonte: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=pfbid02HjbnQpva4qaN6EXFBhEQoW3HJb6w9gGbPNu5jndUtdEHA5n9SKDo1g8yUFvus7EBl&id=100000737483882

Faça o primeiro comentário a "MOVIMENTO DE INDIGNAÇÃO criado em Nelas para exigir reabertura rápida da ponte sobre a linha Férrea"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*